segunda-feira, 19 de abril de 2010

She she she she

Ela encontrou ele no meio de tanta gente
Ela achou que estava bem ao lado dele.
Ela achou que era amor.
Mas não era.
Era só ilusão.
Foi ruim pro coração.
E alma depois pediu socorro.
E quantas palavras ela usou.
Achando que era amor.
Se enganou.
Hoje nem dói.
Ela anda por ai, feliz e sorridente.
Aguardando amar alguém de verdade.
Alguém pra lhe trazer a tal felicidade.
Que tanto leu nos livros e jornais.

Ela estava bem ali
No se cantinho.
A familia lhe dava carinho
E aquilo lhe bastava.
A alma teve o socorro
O coração se curou.

Ela sabia que naquele momento só precisava dela
E assim, seguia vivendo a tão misteriosa vida.
Ela só ia seguir.